Deputados do PTB solicitam criação de Frente Parlamentar das Cidades Históricas


      O objetivo é promover ações de preservação, acompanhar proposições e fiscalizar recursos.


Requerimento apresentado à Câmara pelos deputados Nivaldo Albuquerque (AL), Eduardo Costa (PA), Paulo Bengtson (PA), Wilson Santiago (PB), Emanuel Pinheiro Neto (MT) e Marcelo Moraes (RS) solicita a criação de uma Frente Parlamentar Mista para a defesa das cidades históricas, pertencentes ao patrimônio brasileiro.

A bancada destaca a importância cultural das cidades históricas do País. Para eles, esses municípios apresentam recursos naturais e legados de tradições e costumes, sejam naturais ou construídos, matérias ou imateriais. Na visão do líder do PTB na Câmara dos Deputados, Nivaldo Albuquerque, a valorização do patrimônio histórico cultural é a valorização da identidade de uma sociedade.

No texto, a nova frente parlamentar pretende promover ações de preservação do patrimônio nacional, acompanhar as propostas e matérias relacionadas aos objetivos de valorização e preservação das cidades históricas e fiscalizar o andamento das atividades de gestão e dos recursos destinados à área.

Com tanta história entre as colunas e vigas das cidades, os deputados ressaltam a necessidade da preservação das edificações, obras de arte, festas populares, documentos, formas de expressão e criações artísticas, como a dança e a culinária. Todos esses aspectos compõem o valor histórico de uma região.

“As cidades históricas representam as referências urbanas no Brasil. Nelas, é possível vivenciar os processos de transformação do país, por meio da preservação de expressões próprias de cada período histórico, que constituem a base do Patrimônio Cultural Brasileiro”, afirma Marcelo Moraes.

Turismo

Eduardo Costa lembra que a criação da frente parlamentar vai permitir, além da conservação patrimonial brasileira, a proteção turística, visto que muitos viajantes cobram a preservação dos monumentos históricos. “Eles reivindicam condições adequadas para o usufruto contribuindo, assim, para a proteção do patrimônio histórico dessas cidades”, diz.

“Além disso, o turismo abastece não só os pontos turísticos, mas também o comércio local, a rede hoteleira, os artesãos e outros setores. É, portanto, um fator de geração de renda e de dinamização da economia da população local”, aponta Wilson Santiago.

Reportagem – Carlos Augusto Xavier
Foto – Jotaric

Comentários

Não existem comentários

Postar um comentário

  • ©2022 PTB na Câmara. Todos os direitos reservados.