Pedro Lucas é um dos 100 mais influentes do Congresso; Luísa Canziani está em ascensão


     Pedro Lucas Fernandes e Luísa Canziani estão no primeiro mandato como deputados federais.


O líder do PTB na Câmara dos Deputados, Pedro Lucas Fernandes (MA), foi apontado pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) como um dos 100 parlamentares mais influentes do Congresso Nacional neste ano de 2020. Segundo o levantamento, são 70 deputados e 30 senadores.

Os “Cabeças” do Congresso são aqueles parlamentares que conseguem se diferenciar dos demais na condução de debates, negociações, votações, articulações e formulações, seja pelo saber, pelo senso de oportunidade, pela eficiência na leitura da realidade, que é dinâmica, e, principalmente, pela facilidade para conceber ideias, constituir posições, elaborar propostas e projetá-las para o centro do debate, liderando sua repercussão e tomada de decisão. É o parlamentar que, isoladamente ou em conjunto com outras forças, é capaz de criar seu papel e o contexto para desempenhá-lo.

Habilidades

Além de apontar os mais influentes, o Diap lista os parlamentares de acordo com suas habilidades, recebendo destaque sua característica principal.

O petebista Pedro Lucas Fernandes foi classificado como “articulador/organizador”. De acordo com o levantamento, é o parlamentar com excelente trânsito nas diversas correntes políticas, cuja facilidade de interpretar o pensamento da maioria os credencia a ordenar e criar as condições para o consenso.

Além disso, é aquele que se encarrega de difundir e sustentar as decisões ou intenções dos formadores de opinião, formando uma massa de apoio à iniciativa dos dirigentes dos grupos políticos a que pertence. Normalmente, tem livre acesso aos bastidores, ao poder institucional e alto grau de fidelidade às diretrizes partidárias ou ideológicas do grupo político que integra. Não é necessariamente erudito, intelectual, mas possui instinto político e o dom da síntese.

Ascensão

Na edição de 2019, Pedro Lucas foi listado no grupo “ascensão”, que são aqueles que, mesmo não fazendo parte do grupo dos 100 mais influentes, estão em plena ascensão, podendo, mantida a trajetória ascendente, estar futuramente na elite do Congresso Nacional. Estão entre os 150 mais influentes do Parlamento. Neste ano, o líder do PTB se tornou um dos “Cabeças”.

Já a deputada Luísa Canziani (PTB-PR) entrou, em 2020, para o grupo dos 50 parlamentares em “ascensão”. Ambos estão no primeiro mandato.
 
(Com informações da Assessoria de Imprensa do PTB Nacional)
Foto – PTB Nacional

Comentários

Não existem comentários

Postar um comentário

  • ©2020 PTB na Câmara. Todos os direitos reservados.