Pedro Lucas Fernandes é reconduzido à Liderança do PTB na Câmara dos Deputados

Escrito 30/01/2020, 22:35
Por Renata
Categoria destaque


      Pedro Lucas aponta a reforma tributária como um dos temas prioritários para o início de 2020.


O deputado Pedro Lucas Fernandes (MA), 40 anos, foi reconduzido como líder do PTB na Câmara dos Deputados após reunião da bancada na noite desta quinta-feira (30).
 
“Nossa liderança está mais madura agora. Esse primeiro ano como líder do partido foi de aprendizado. A Liderança do PTB conquistou muitos espaços importantes dentro da Câmara, mas agora a gente vai querer mais. Vamos trabalhar pelo Brasil e pelo PTB”, declarou o parlamentar.
 
O líder destacou a reforma tributária como um dos temas prioritários a serem analisados pelo Congresso Nacional no início de 2020.
 
“O PTB tinha várias propostas sobre o tema apresentadas na Câmara. Agora, nesta comissão mista que será formada por deputados federais e senadores, a gente vai poder renovar essas proposições. Há também a reforma administrativa. No caso dela, a gente precisa que o governo federal sinalize para os partidos o que está pensando, para que a gente possa evoluir na proposta”, declarou.
 
Vereador de São Luís (MA) por dois mandatos consecutivos, Pedro Lucas exerce seu primeiro mandato como deputado federal. Ele é administrador de empresas e especialista em Planejamento Governamental.
 
Alcântara
 
Titular da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional, o parlamentar participou ativamente das negociações para a aprovação, no Congresso Nacional, do Acordo de Salvaguardas Tecnológicas (AST) firmado entre Brasil e Estados Unidos para o uso comercial do Centro de Lançamento de Alcântara, no Maranhão.
 
Defensor do desenvolvimento tecnológico da região, Pedro Lucas não abre mão do cuidado com os moradores do município. Por isso, apresentou proposta que cria o Fundo de Desenvolvimento das Comunidades Carentes e Quilombolas de Alcântara.


Também é de sua autoria a proposta que proíbe o governo federal, estados e municípios de criarem impostos sobre a produção e comercialização do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) de uso doméstico.
 
O texto já foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça e ainda precisa ser analisado por uma comissão especial e pelos plenários da Câmara dos Deputados e do Senado Federal.
 
Câncer
 
Outros projetos de destaque do líder foram a proposta de criação do Fundo Nacional de Combate ao Câncer e de Assistência a Portadores (FNCCAP), a proposta de proibição de divulgação de dados profissionais de mulheres vítimas de violência doméstica e a que garante premiação igual para homens e mulheres em competições esportivas financiadas com recursos públicos.
 
Reportagem – Renata Tôrres
Foto – Jotaric

Comentários

Não existem comentários

Postagem de comentários após três meses foi desabilitado.
  • ©2020 PTB na Câmara. Todos os direitos reservados.