Paulo Bengtson defende manutenção de desconto de energia para produtor rural


         Paulo Bengtson: “O decreto prejudica tanto o grande, quanto o pequeno produtor rural.”


O deputado Paulo Bengtson (PTB-PA) defende a revisão de um decreto assinado pelo então presidente Michel Temer no ano passado que acaba com os descontos para produtores rurais no pagamento das contas de energia elétrica.

O decreto determinou a redução dos descontos para produtores rurais em 20% ao ano, até chegar a zero daqui a cinco anos.

Atualmente, o setor produtivo tem uma redução nas tarifas que varia de 10% a 30%. Os agricultores argumentam que os altos preços da energia causam muito impacto no custo da produção.

“Sou contra esse corte do incentivo da energia elétrica aos produtores rurais, porque vai atingir do grande ao pequeno. O decreto não qualifica quanto se gasta de energia elétrica. O pequeno produtor rural, aquele que tem um sítio, que produz a sua hora, também sofrerá o efeito desse corte”, destaca Paulo Bengtson.

Consumidor

O parlamentar ainda alerta que o fim desse incentivo vai trazer custos para a mesa do consumidor brasileiro, pois terá um efeito cascata, provocando o aumento dos preços dos alimentos.

“Vemos, hoje, o produtor rural vivendo já no seu limite, fazendo de tudo para produzir mais com numa área menor, com mais tecnologia, sem agredir o meio ambiente. Aqui, no Brasil, somos aqueles que mais preservamos o meio ambiente. Então, sim, precisamos continuar com esses incentivos”, declara.
 
Reportagem – Renata Tôrres, com a colaboração de Regina Mesquita
Foto – Jotaric

Comentários

Não existem comentários

Postagem de comentários após três meses foi desabilitado.
  • ©2020 PTB na Câmara. Todos os direitos reservados.