Wilson Filho aponta incentivos fiscais, educação e turismo para desenvolver a Paraíba


          Wilson Filho: “Minha proposta pode fazer com que o sertão cresça junto com o litoral.”


A criação da Zona Franca do Semiárido, investimentos em capacitação e educação, estímulo ao turismo e ao setor de energias renováveis foram destacados pelo deputado Wilson Filho (PTB-PB) entre as ações que precisam ser tomadas para aumentar o desenvolvimento da Região Nordeste, em especial da Paraíba.
 
Em discurso no Plenário da Câmara, o parlamentar citou projetos em tramitação no Congresso Nacional que podem ajudar a economia da região.
 
Zona Franca
 
Wilson Filho defendeu a proposta de emenda à Constituição de sua autoria que cria a Zona Franca do Semiárido (PEC 19/11). À exemplo da Zona Franca de Manaus, será uma área de livre comércio que estimulará geração de empregos e industrialização por meio de incentivos fiscais, só que dessa vez no sertão nordestino.
 
“Minha proposta pode fazer com que o sertão cresça junto com o litoral, a Paraíba com o Nordeste, e o Nordeste com o Brasil”, frisou.
 
De acordo com o deputado, a geração de empregos é essencial para o desenvolvimento econômico. Ele afirmou que a criação da zona franca criará 100 mil empregos diretos e 400 mil empregos indiretos.
 
Educação
 
Wilson Filho ressaltou que, em 2017, conseguiu, no Ministério da Educação e no Ministério do Trabalho mais, de R$ 40 milhões para qualificar adolescentes, jovens e adultos da Paraíba.
 
“Conseguimos condições de qualificar, ao lado da Universidade Federal da Paraíba, milhares de jovens que poderão adentrar o mercado de trabalho muito mais bem preparados”, lembrou.
 
O deputado também defendeu outro projeto de sua autoria que cria o Instituto Federal do Sertão da Paraíba e a Universidade Federal Rural da Paraíba, com o objetivo de interiorizar a educação, e fazer com que os estudantes tenham à disposição mais vagas de cursos técnicos e de cursos superiores.
 
Turismo
 
Wilson Filho ainda destacou a importância do turismo para a economia nordestina. Na opinião do parlamentar, a governo da Paraíba precisa revitalizar a barreira de Cabo Branco, na Paraíba, e realizar as obras de contenção do mar, já que esse é o principal ponto turístico do estado.
 
“Em 2011, destinei quase R$ 7 milhões para fazer a revitalização e a contenção da água do mar na Barreira do Cabo Branco. Esse dinheiro não saiu do papel, nem virou obra. Do litoral ao sertão, no Vale dos Dinossauros, em Sousa, temos que priorizar o turismo, para melhorar o desenvolvimento do nosso estado”, sintetizou.
 
Energia limpa
 
Ao informar que a Paraíba tem um dos maiores potenciais do mundo para a geração de energia eólica e solar, Wilson Filho lamentou que o estado não tenha locais para a venda dessa energia.
 
“Ou seja, a energia que pode ser produzida em várias regiões do estado não tem e não acha um local para ser colocada à disposição das empresas públicas e para chegar à casa das pessoas”, criticou.
 
O deputado informou, ainda, que regiões que produzem muita energia limpa, como em parte do Rio Grande do Norte, da Bahia e do Tocantins, conseguiram desenvolver essa área graças a investimentos federais.
 
Reportagem – Celimar de Meneses, sob a supervisão de Renata Tôrres
Foto – Jotaric

Comentários

Não existem comentários

Postagem de comentários após três meses foi desabilitado.
  • ©2021 PTB na Câmara. Todos os direitos reservados.