Côrte Real: comissão permite a concessionária comprar energia de pequenas centrais


        Côrte Real tornou medida facultativa; projeto original obrigava compra e percentual mínimo.


Por recomendação do deputado Jorge Côrte Real (PTB-PE), a Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público, da Câmara dos Deputados, aprovou proposta que permite a concessionárias de energia elétrica comprar energia de centrais hidrelétricas de pequeno porte (PCHs), usinas com capacidade de 100 a 30.000 quilowatts (kW).

A ideia é que a aquisição corresponda a no mínimo 5% do volume de energia que a empresa injeta no sistema.

Pela versão original do projeto de lei (PL 6136/13) do deputado Fernando Francischini (SD-PR), tanto a compra quanto o percentual mínimo eram obrigatórios.

Facultativa

Mas, o relator Jorge Côrte Real optou por deixar a medida facultativa.

“A obrigatoriedade poderá resultar em uma demanda por PCHs em áreas onde já se tem o suprimento energético necessário, ou poderá alterar a atual distribuição existente em áreas em que está sistematizada a distribuição”, argumentou.

A legislação atual já faculta às distribuidoras de energia a contratarem 10% de sua carga por meio do sistema de geração distribuída, independentemente da capacidade instalada da central hidrelétrica.

Tramitação

A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada ainda pelas comissões de Minas e Energia; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.
 
(Com informações do Câmara Notícias)
Foto – Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Comentários

Não existem comentários

Postagem de comentários após três meses foi desabilitado.
  • ©2021 PTB na Câmara. Todos os direitos reservados.